DF lidera doação de órgãos no 1º trimestre de 2013, diz estudo

Capital tem quase dobro da meta estabelecida para o país em 2015.
Em relação aos transplantes, destaques são as cirurgias de coração.

 Do G1 DF
Índice de doadores por milhão
DF 28
SC 21,1
CE 20,4
RS 20,2
ES 19,3
*No primeiro trimestre de 2013
Fonte: Associação Brasileira de Transplante de Órgãos

Distrito Federal liderou o número de doações de órgãos no primeiro trimestre de 2013, com 28 doadores por milhão de habitantes, segundo dados da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos. A unidade federativa superou Santa Catarina, que atualmente tem índice de 21,1.

O número da capital  se aproxima do dobro da meta fixada pelo Ministério da Saúde para o Brasil em 2015, de 15 doadores por milhão. Para a coordenadora da Central de Captação, Daniela Salomão, o índice pode ser explicado por uma maior eficácia na manutenção dos pacientes em morte cerebral e melhorias na comunicação entre os serviços de emergência e unidades de terapia intensiva da rede.

Já em relação aos transplantes, os destaques são as cirurgias de coração, fígado, córnea e rim. Somente entre janeiro e o final de março, a capital do país realizou seis, 12, 64 e 27 operações de cada órgão, respectivamente. No mesmo período de 2012, os números foram três, sete, 120 e 22.

O DF realiza ainda transplantes de medula óssea e já obteve credenciamento para fazer os e pulmão. A unidade de saúde escolhida para as operações foi o Instituto de Cardiologia, que aguarda um paciente estabilizado e prepara fazer o primeiro procedimento em Brasília.

Compartilhe

Copyright © Guia de Ceilândia - O Guia comercial de Ceilândia