GOVERNO PROMETE CONTRATAÇÕES EM BREVE

O déficit de médicos na rede pública foi admitido pelo próprio governo em janeiro, quando a falta de profissionais nos plantões de alguns hospitais provocou sérias falhas no atendimento. Mas a secretaria de saúde diz que o DF está bem acima das proporções de médicos por habitante preconizada pela Organização Mundial de Saúde e que 316 médicos temporários ja foram contratados desde o incidente das faltas.

Além disso, mais 96 aprovados em concursos serão convocados em breve. Mas o  presidente do Sindmédico, Gutemberg Fialho, diz que ainda falta muito para que os médicos da rede pública não fiquem sobrecarregados. “Nosso cálculo é de que o déficit da rede pública seja hoje de 3.600 médicos. È necessário que se faça novos e atraentes concursos. E não só para médicos. Também faltam enfermeiros e até seguranças nos hospitais.

Compartilhe

Copyright © Guia de Ceilândia - O Guia comercial de Ceilândia