Moradores de região do DF põem fogo em barraco de suspeito de estupro

Menina de 7 anos foi levada a hospital com hemorragia e lesões pelo corpo.
Pai da vítima tentou impedir que bombeiros apagassem fogo, afirma PM.

Moradores atearam fogo a um barraco de madeira de um homem que supostamente estuprou uma menina de 7 anos neste domingo (28) em Samambaia, no Distrito Federal. Segundo o Corpo de Bombeiros, a criança foi levada ao hospital da região e depois para o Hospital de Base em estado grave, com hemorragia, lesão no maxilar e traumatismo craniano. Ninguém foi preso até a publicação desta reportagem.

Em um primeiro exame, a criança não tinha indícios de ter sido vítima de abuso sexual. Segundo a Polícia Civil, ela tinha desaparecido de outro barraco na região e estava sendo procurada pelos pais e por vizinhos, entre as 14h e 18h. No local onde foi achada, a criança estava com as pernas amarradas com um fio de telefone ou um carregador de celular.

A Polícia Militar chegou ao local depois de ter sido informada sobre o incêndio pelos bombeiros. De acordo com a corporação, o pai da vítima tentou impedir que os bombeiros apagassem o fogo, mas foi contido por familiares.

À polícia, testemunhas disseram que no barraco incendiado morava um homem desconhecido que se mudou para o local havia poucos dias.

Compartilhe

Copyright © Guia de Ceilândia - O Guia comercial de Ceilândia