Operação do GDF impede demarcação de terra em Ceilândia

Ação de Agefis, Polícia, Civil e administração regional impede grilagem.
Uma pessoa foi presa e retroescavadeira apreendida, segundo a agência.

Uma operação conjunta entre a Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis), a Polícia Civil e a administração de Ceilândia realizada nesta quinta-feira (10) impediu a demarcação irregular de terra no Pôr do Sol.

Com a medida, o governo busca combater a grilagem de terras. Segundo a Agefis, a área é visada por grileiros. De acordo com a agência, uma pessoa foi presa e uma retroescavadeira apreendida.

O Pôr do Sol começou como uma ocupação desordenada na década de 1990 que se consolidou nos anos 2000. A Codhab estimava no ano passado que 13 mil pessoas viviam na região.

Embora tenha uma área bem menor que a região vizinha, o Sol Nascente, o setor enfrenta problemas semelhantes, como o excesso de lixo nas ruas, a violência e, principalmente, a ausência de serviços públicos.

Fonte: G1

Compartilhe

Copyright © Guia de Ceilândia - O Guia comercial de Ceilândia